Ligue agora

11 2884 3600

Nossa localização

Rua Soledade 160 - Cumbica | Guarulhos CEP 07224-210

Plástico na indústria: segmentos que mais utilizam essa matéria-prima e como podem ser mais sustentáveis

A presença do plástico na indústria é confirmada por diversos setores de mercado. Por ser uma matéria-prima leve, versátil, de fácil processamento e com relativa resistência, sua usabilidade é grande em diversos segmentos industriais.

Apesar das facilidades que o plástico proporciona, vale lembrar que ele ainda pode causar sérios danos ao meio ambiente. Isso exige que as indústrias do plástico trabalhem com operações mais sustentáveis para minimizar os impactos ambientais.

No artigo de hoje você vai conhecer o plástico na indústria e suas aplicações, além de verificar como as empresas do segmento podem trabalhar com maior sustentabilidade. Boa leitura!

 

Quais os principais segmentos que utilizam o plástico?

O plástico é uma matéria-prima fácil de ser utilizada, além de apresentar baixo custo, representando um material de ampla utilidade na indústria.

Conforme informações da ABIPLAST (Associação Brasileira da Indústria do Plástico), os principais segmentos que utilizam o plástico são:

  • Construção civil: 23,4%;
  • Alimentos: 7,1%;
  • Automóveis e autopeças: 11%;
  • Atacado e Varejo: 10%;
  • Máquinas e equipamentos: 6,1%;
  • Produtos de metal: 5,9%;
  • Bebidas: 5,5%;
  • Móveis: 4,4%;
  • Celulose: 3,2%;
  • Perfumaria, higiene e limpeza: 3,1%;
  • Eletrônicos: 2,5%;
  • Agricultura: 2,5%;
  • Químicos: 2,3%;
  • Vestuário: 0,9%;
  • Farmacêutico: 0,8%;
  • Demais setores: 1,3%;

Dentre todos esses segmentos apontados pela ABIPLAST, podemos destacar alguns onde o plástico é utilizado em larga escala.

 

Indústria moveleira

A produção de móveis apresenta um alto consumo de plástico, especialmente o ABS e polipropileno. Além de proporcionar um estilo moderno e que combina com vários tipos de decoração, os móveis fabricados em plástico são mais duráveis, não empenam, apresentam fácil limpeza, dentre outras vantagens.

Construção civil

Na construção civil, o plástico reciclado pode ser utilizado em aplicações como tijolos plásticos, tubos, conexões e esquadrias. O plástico também é utilizado para reduzir o uso de concreto em preenchimentos estruturais, aumentando a resistência e segurança da estrutura, deixando-a mais leve.

Hoje a construção civil já utiliza a chamada madeira plástica, que consiste em peças para nivelamento de terrenos e é geralmente fabricada em PET, PVC e poliestireno.

Indústria automotiva

Boa parte das peças metálicas fabricadas para automóveis já são desenvolvidas em plásticos. A matéria-prima é aplicada em motores, para-choques, proteção anti cascalho, reservatórios de água, faróis, lanternas, sistemas de distribuição de combustíveis, dentre outros componentes.

Com a aplicação do plástico na indústria automotiva, os automóveis atuais são mais leves, apresentam um custo de aquisição menor, são mais seguros e flexíveis, além de serem resistentes à corrosão e possuírem um design moderno.

Embalagens

O plástico na indústria de embalagens é presença confirmada. Além de resistirem a altas temperaturas, vibrações e oxidação, as embalagens plásticas são práticas e leves.

Além disso, garantem melhor manuseio do produto, tanto no estoque como no varejo, e também podem interagir com alimentos sem riscos de contaminação.

 

Como as empresas que utilizam plástico podem ser mais sustentáveis?

Como vimos, o plástico é uma matéria-prima utilizada pela maioria dos setores industriais, uma vez que determina grandes propriedades.

Apesar de ser totalmente reciclável, o plástico é um material de difícil decomposição na natureza. Quando descartado de forma inadequada, ele impacta drasticamente o meio ambiente.

Assim, ocorre o acúmulo de lixo que prejudica as águas e os oceanos, além de contribuir para a geração de doenças. 

O que muitas empresas consumidoras de plástico vêm adotando é o uso do plástico reciclado, que não só diminui a incidência de lixo como também garante economia de recursos para a fabricação de plástico novo. 

No entanto, conforme informações da Plastivida, das 2.177.799 toneladas de plástico produzidas anualmente no Brasil, somente 17,2 são recicladas.

Isso demonstra a necessidade de as indústrias reverem seus conceitos de sustentabilidade e buscarem soluções para que o plástico possa diminuir os impactos ambientais. 

Uma das medidas mais precisas quanto a sustentabilidade do plástico na indústria é a ecoeficiência, não só no uso consciente dos recursos naturais como também no uso de matéria-prima reciclada.

A aplicação do plástico reciclado na indústria não só contribui para o meio ambiente, já que pode ser convertido em diversos produtos, como também contribui para a economia.

Hoje existem cooperativas de reciclagem que são responsáveis pela geração de emprego e renda de diversas famílias que vivem da coleta e reciclagem de materiais.

Dessa forma, é possível entender que a presença do plástico na indústria, apesar de essencial, exige das empresas ações mais sustentáveis e que também façam parte da responsabilidade social que ela tem com a sociedade.

Agora que você sabe mais sobre o plástico na indústria e a sustentabilidade desse setor, conheça as soluções da Metalacre, referência em lacres de segurança no mercado.

O que achou deste artigo? Deixe sua opinião nos comentários, compartilhe nas suas redes sociais e continue acompanhando nosso blog para mais novidades.

Até a próxima!

Tags:

Deixe um comentário

[fibosearch]